QUANTO GANHA UM FISIOTERAPEUTA?

Qual o salário médio do fisioterapeuta profissional?

Em uma vasta opção de carreiras, decidir qual delas vai seguir para toda a vida não é uma tarefa bem simples. E para ajudar nessa escolha, inúmero aspectos são levados em consideração, como afinidade com a área, personalidade, remuneração salarial, entre outros critérios.

Na área da saúde, uma das profissões mais promissoras é a fisioterapia. Mas você sabe o que o profissional dessa área faz e qual o salário da fisioterapia?

Resumidamente, a fisioterapia é uma área da saúde na qual o profissional estuda, previne e trata lesões e doenças que afetam os movimentos humanos, seja por problemas de má-formação ou causados por acidentes erros posturais.

E, através de recursos como movimento e técnicas com eletricidade, frio e calor, a fisioterapia promove o bem estar e a saúde de cada ser indivíduo.

Salário mínimo do Fisioterapeuta profissional

Assim como acontece em muitas outras profissões, o piso salarial da fisioterapia não é fixo, sendo determinado pelo sindicato da categoria em cada estado. A estimativa é de que o salário fisioterapia seja em torno de R$2.300,00 para uma jornada de 30 horas semanais, conforme determinado pela Lei 8.856, de 1º de março de 1994.

Entretanto, em muitos estados a media de salário fisioterapia não alcança o piso determinado pelos sindicatos. Mas, não é para desanimar!

O salário da fisioterapia também depende do grau de investimento do profissional. Quanto maior o investimento em alta qualificação, através de participação em congressos e seminários, cursos de especialização e reciclagem, maior tende ser seu destaque no mercado de trabalho e seu retorno financeiro.

Isso significa que o profissional que se especializa e se recicla frequentemente através de cursos na área escolhida dentro da fisioterapia tem chances maiores de aumentar o seu reconhecimento profissional e, consequentemente, aumentar sua clientela e melhorar seus ganhos.

O fisioterapeuta que trabalha no setor público, hospital ou na linha profissional de gestão, também pode alcançar funções superiores e de destaque, considerando seu nível especialização e reciclagem.

Sobre a carreira do fisioterapeuta

Para seguir a profissão de fisioterapia, é preciso concluir o curo superior de fisioterapia, em uma instituição reconhecida pelo MEC, e obter registro profissional do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito).

Como fisioterapeuta, o profissional pode trabalhar em clínica, hospital, escola, casa de repouso, academia, SPA, empresa (cuidando da saúde coletiva), clube recreativo, com atendimento domiciliar, pesquisa, docência, entre outros.

salario de um fisioterapeuta

Como pode ver, o mercado da fisioterapia é bem amplo e entre as especialidades que o profissional pode escolher para se especializar, podemos destacar:

Além disso, os profissionais com boa qualificação, atualização constante e visão empreendedora conseguem melhor recolocação no mercado de trabalho e remuneração, já que o fisioterapeuta pode ter um consultório particular ou clínica própria.

Com todas essas informações, é possível perceber que, apesar de uma media estabelecida pelos sindicatos da categoria, não é somente a escolha da profissão que vai determinar o salário da fisioterapia.

É importante que você avalie seus objetivos e busque o aperfeiçoamento constante para alavancar o seu reconhecimento profissional e aumentar o salário na fisioterapia.