Definição:

A traumatologia estudo do aparelho músculo-esquelético, na fisioterapia ortopédica foca na recuperação ou prevenções das lesões e doenças que afetam músculo, osso e ligamento.

Incidência de Fratura óssea :

Uma fratura óssea é a perda da continuidade de um osso, que o divide em dois ou mais fragmentos, cerca de 40% das fraturas ocorrem no em crianças e idoso no ambiente doméstico, e na fase adulta hoje o maior causa dos traumas estão em acidentes automotivos e motociclístico. Algumas fraturas são tão simples que nem chegam a ser percebidas ou resolvem-se espontaneamente, mas outras podem ser tão graves que acarretam risco de morte. Fraturas podem ocorrer aleatoriamente a todas as pessoas, mas há uma maior incidência em certos grupos específicos, tal como em mulheres após a menopausa, devido a osteoporose (fragilidade óssea e muscular) ;

Causas das fraturas óssea :

• Queda;

• Pancadas ;

• Acidentes domésticos ,automobilístico e motociclístico ;

• Fratura patologica (enfraquecimentos dos ossos osteoporose ou tumores ósseos) ;

Sinais e sintomas de uma fratura óssea :

Fratura Ossea Simples : Dores, inchaço, edema, vermelhidão dificuldade de movimentar-se, deformidades e posturas anormais, sinais do traumatismo, como hematomas, lesões cutâneas, etc.

Fraturas traumatica  ; além de todos os sintomas é possível vermos a exposição do ossos;

Tipos de fraturas ósseas :

Fraturas patológicas: as que acontecem espontaneamente ou osso previamente fragilizado osteoporose ou por um tumor ósseo ;

Fraturas simples: apenas o osso é atingido e não há perfuração da pele ou lesão de outras estruturas adjacentes.

Fraturas expostas: a pele é rompida e o osso fica exposto ao exterior, ocorre a infecção complicando o processo de reestabilização ;

Fraturas complicadas: quando são atingidas outras estruturas além dos ossos, como vasos sanguíneos, nervos, músculos, etc.

Usa-se chamar de politraumatizado ao paciente varias fraturas.

Diagnóstico :

exame radiográfico , exames laboratoriais, ressonância magnética ;

Tipos de Tratamento :

Convencional ou Clinico : Medicamentoso através de analgésicos e antitérmicos, alimentação com calcio e/ou vitaminas para auxiliar a recuperação, imobilização , exercicios fisioterápicos ;

Tratamento Cirúrgico : procedimentos cirúrgicos com função de manter esse alinhamento até a reparação da fratura, restabelecimento da continuidade óssea por meio cirúrgico pode ser feito com a utilização de placas, parafusos, varetas endomedulares ou fios metálicos, com acompamento médico e equipe fisioterapêutica ;

Complicações de Fraturas ósseas :

– Trombose, problemas de circulação ;

– Cicatrização de numa posição anatômica incorreta.

– Fraturas expostas risco de infecção ;

– Psedoartrose ;

– Necrose ;

Acompanhamento pode ser :

– Hospitalar, Ambulatorial, Clinica especializada , domiciliar ;

Equipe Multiprofissional :

Psicologia : importância de aceitar a imobilização temporária ou definitiva, aceitação de dependência ;

Nutricionista : Orientação de alimentação rica em vitaminas e calcio ;

Médico : prescreve, acompanha e realiza tratamento indicado ;

Fisioterapeuta  auxilia através de exercicios e trabalhos conjunto com o médico afim de reestabeler o quadro e qualidade de vida do paciente ;